[PAISAGENS NEUROLÓGICAS: SEM BILHETE DE VOLTA]

Tratou-se de uma performance-instalação intermedia e interactiva (com os elementos do público participantes a quem foram colocadas máscaras de filtros respiratórios de oxigénio). Esta, foi a última obra apresentada publicamente em um conjunto de quatro – da exposição [PAISAGENS NEUROLÓGICAS], edição #01 concebida e apresentada por Isabel Maria Dos, na Casa das Caldeiras da Universidade de Coimbra – em 2012.
Sinopse:
Ano de 2122: O mundo dos negócios da biotecnologia atinge um dos seus auges. A homossexualidade está representada em maioria na sociedade. Os bebés humanos são fabricados em laboratórios e os heterossexuais, como reprodutores (bio)lógicos naturais, são, estrategicamente, eliminados na Terra. Assim, Mary Hu Jintao, espécie humana, sexo e género-x, foi o resultado de uma encomenda de um filho por medida, cruzamento celular entre uma americana e um chinês, em nome do que sentiam um pelo outro – amor (sentimento, ideia, coisa ou produto de criação de um extra terrestre que por ali passou e a quem chamaram – Jesus Cristo).
Mary conseguiu o bilhete para Marte com a oferta de um último mimo – um corte de cabelo (1) ainda em Terra – e um SPA na Cintura de Asteróides. Viajaria na nanonave #5014 ou no elevador espacial #110? Mary, preparava-se para abandonar a Terra onde, alguns da mesma espécie, em decadência, ainda sobreviviam com doenças respiratórias graves e dependentes de máscaras respiratórias – de oxigénio.
De mente lida e assaltada tecnologicamente, emergia no presente da sua memória a paisagem visual e musical(2) – um processo futuro de saudade da espécie humana – dos Seres Vivos, da Arte e da Natureza. Terá batido a sorte à porta de Mary?
© Isabel Maria Dos
__________________________
(1) Com a participação especial de Carlos Gago.
(2) Composição criada pela autora que inclui a voz da própria (som abaixo) com trechos manipulados a partir de “Missa Magnificus Para Electroacústica e Coro a Vozes Iguais”, faixa 4, música de Pedro Janela – músico/compositor e produtor e a partir da composição musical de “Nostalgia” – original de Paulo Soares – compositor e músico (Guitarra de Coimbra). 

 

 

HCM (1 de 28)

Na foto (da esquerda para a direita) Carlos Gago, Isabel Maria Dos, Fernando Matos Oliveira, Manuel Portela e António Olaio. Fotografias: cortesia de Hugo Costa Marques


© Isabel Maria Dos, [PAISAGENS NEUROLÓGICAS: SEM BILHETE DE VOLTA]

Advertisements